Buscar
  • Nonato Brito

Mudança radical: desaparece a ilha do Cambristo em frente à praia de Araoca


Só se vê a croa de areia, ao fundo, onde era a Ilha do Cambristo, em frente à praia de Araoca (Foto: A. Júnior)

Desapareceu a Ilha do Cambristo em frente à praia de Araoca. As grandes águas das marés de sigízia no mês de setembro fizeram desaparecer os últimos vestígios de centenas de pés de mangues altos e vegetação rasteira existente na ilha há mais de 30 anos. Agora só se vê a croa de areia em maré baixa.

Afirmam os pescadores, que de 30 em 30 anos ocorre essa transformação radical na natureza.

O nome passou a ser conhecido como Ilha do Cambristo a partir do naufrágio do navio inglês "Cambridge" no extremo noroeste da ilha, na década de 1950. A pronúncia difícil em inglês para os pescadores acabou resultando na pronúncia "Cambristo". O naufrágio da embarcação chegou a ser tema de toadas de bumba-boi em Guimarães, naquele período.

Na praia de Araoca, bem em frente, o panorama da natureza também mudou. Diminuíram o número de dunas e as águas grandes vem cavando a área de beira de praia, aparecendo as pedras que compõem os arrecifes das redondezas.

O avanço da maré já obrigou o comerciante Brancó a mudar o localização de seu tradicional bar e restaurante.


0 visualização