• Nonato Brito

ENTREVISTA - Raimunda Moreira Viegas: "Depois que meu filho morreu não consegui mais ensaiar Pa


O Blog Vimarense entrevistou a vimarense Raimunda Moreira Rodrigues Viegas, uma das mais famosas ensaiadeiras de Pastor de Guimarães. Residente no povoado Boa Esperança, dona Raimunda, hoje, com 83 anos, só acompanha o movimento das jovens que se preparam para o Pastor na região de Boa Esperança, Gepuba, Vila Nova e Prata. Mas na juventude, detentora de uma voz privilegiada, era uma das mais requisitadas jovens para ocupar o Posto de Guia, que brincou por cinco vezes só na Boa Esperança, fora as apresentações em outros povoados, além do posto de galego e florista. Já na maturidade, passou a ensaiar os pastores da região. Em 1994, com a morte de seu filho Antônio José, dona Raimunda não conseguiu mais reunir forças e alegria para ensaiar os pastores, mas ainda hoje recebe a visita das jovens que vão brincar pastor, e frequentam a sua casa à procura de seus ensinamentos e orientações artísticas. A seguir, a entrevista concedida ao editor Nonato Brito, no povoado Boa Esperança.


Blog Vimarense - A senhora começou a brincar pastor com quantos anos?


Raimunda Moreira - Comecei a brincar pastor com 9 anos e quem me levava era a minha mãe Onésima Moreira Rodrigues, no Povoado Suaçu, que na época ainda pertencia a Guimarães e hoje pertence ao município de Cedral.


Quem eram as ensaiadeiras de Pastor nesta região quando a senhora começou a brincar Pastor?


As irmãs Zizi Mondego e Maricota Mondego, da Fazenda Entre Rios e Juliana Miguez, da sede de Guimarães e que era conhecida como Lilica.


Quem escrevia o Pastor?


Os textos vinham modificando, mas quem escreviam os Pastores eram o professor Edson Anchieta e o padre Estrela.


Na época em que a senhora brincava o Pastor na sua infância e na sua juventude, quem eram os donos dos Pastores?


Sensitiva Moreira Santos e o esposo Heitor Profeta dos Santos fizeram três anos seguidos. Nelma Moreira, Nival Paurá e Joaquina Coelho, aqui na Boa Esperança. Florêncio Martins fez na Prata por muitos anos e Zé Paca na Vila Nova fazia todos os anos.


A senhora se recorda de nome de colegas suas que brincaram Pastor com a senhora?


Lembro sim, Nonato. Elozima Moreira Rodrigues, Edna Moreira Santos (já falecida), Alice Aguiar, Maria da Graça Miguez que era filha de criação de Juliana Miguez, que morava em São Luís e vinha especialmente na época dos Pastores em Guimarães. Também Maria de Jesus, de Maçaricó, Joana, que não lembro agora o sobrenome, a mãe de Tony Tavares era uma mulher bonita e sempre era o Guia do Pastor.


Quem mais fazia Pastor na região de Boa Esperança e Gepuba?


Nesta área tinha Florêncio, Zé Paca e Paulo Soares, e em Maçaricó era Antônio, conhecido por todos como Antônio Chapoca.


Quem mais fazia Pastor em Guimarães?


Nhazinha Moreira, Altiva Teixeira. No tempo de padre Luís, cada ano o Pastor era mais lindo. São esses que lembro.


Quais Pastores a senhora brincou?


Só em Boa Esperança eu brinquei cinco Pastores. Com nove anos, brinquei como galego, um ano como florista e todo o resto do tempo foi como Guia.


Quem pintava os cenários na época em que a senhora era brincante?


Era Joquinha Reis. Era o artista da época e não só pintava para o município de Guimarães, era contratado para fazer o serviço para outros municípios.


Sempre houve o posto de Sertaneja ou é um posto relativamente novo?


Quando eu comecei não tinha. Do meio para o fim já vinham umas pessoas trazendo o papel. Muita gente condenou no início, quando era desfraldada a bandeira. Achavam que não tinha nada a ver com o momento, mas depois foram acostumando e começaram a aplaudir de pé quando a Sertaneja entrava em cena. Na hora do hino nacional ficavam de pé e quem estava com chapéu retirava da cabeça em respeito à nossa bandeira. Hoje não tem mais isso.


A senhora ainda ensaia Pastor?


Não. Desde o ano de 1994, após o falecimento do meu filho Antônio José... (aqui dona Raimunda se emociona, os olhos enchem de lágrimas e fica com a voz embargada). Ele levou tudo de bom que eu tinha na minha vida.


Qual foi o Pastor que a senhora ensaiou pela primeira vez?


O primeiro Pastor que eu ensaiei foi no ano de 1959 em Maçaricó. O dono do Pastor era Antônio Chapoca.


Qual é o principal posto do Pastor para a senhora?


Para mim é José e Maria.





Destaque
Tags