• Nonato Brito

Secretaria Municipal de Saúde anuncia plano para combater o "mosquito Aedes Egypti"


A secretária municipal de Saúde, Edyane Rios Ribeiro expediu portaria, na data de hoje, anunciando medidas e pedindo ajuda à população para combater o mosquito que transmite o zika vírus, dengue, febre amarela e chikungunya.


O plano mobiliza secretarias municipais e funcionários públicos pelo período considerado emergencial. A seguir, o comunicado da Secretaria Municipal de Saúde:


COMUNICADO

A Secretária Municipal de Saúde pela Portaria Nº005/2016 lança um Plano Municipal de Enfrentamento ao Aedes Aegypti, com ações de combate ao mosquito transmissor da Dengue,Febre Amarela, Chikungunya e Zika, essa última com risco eminente para gestantes e Microcefalia no recém nascido como divulgado nos meios de comunicação.

O Plano é uma grande mobilização envolvendo Secretárias e funcionários públicos pelo período considerado emergencial:

  • Os agentes de combate às endemias entram com trabalho mais efetivo para identificar e combater os criadouros do mosquito pela cidade, lembrando a população que uma fêmea do Aedes pode dar origem a 1,5 mil mosquitos durante a vida,segundo o Ministério da Saúde e que em 45 dias ,um único mosquito pode contaminar até 300 pessoas e transmitir os vírus da Dengue, Zika ou Chikungunya para muitas pessoas em um só Bairro;

  • A Secretaria de Saúde esta disponibilizando por esse período uma sala para a população na Vigilância Epidemiológica contendo materiais, folhetins e informações do enfretamento ao Aedes;

  • A Vigilância em Saúde: enfermeiras, agente de endemias, agentes comunitários, vigilância sanitária estão iniciando um cronograma orientando todos os domicílios e convocando a população para o Dia D, que consiste em uma grande mobilização nacional que será realizada dia treze de Fevereiro.

  • Os agentes comunitários estão fazendo um rastreamento das gestantes para realizarem ultrassom;

  • A Vigilância Sanitária iniciou vistoria em todos os pontos comerciais e pontos estratégicos: Borracharia, Oficinas, Cemitérios, Pousadas, locais propícios à proliferação do Aedes;

  • A Infraestrutura ficará incumbida da inspeção e limpeza de terrenos baldios e lixões.

A Secretária de Saúde esta empenhada em promover essas e outras ações para o combate do mosquito viabilizando UBS, profissionais capacitados, e o Hospital para melhor atendimento á população nesse momento delicado que vivemos, entretanto avisamos toda a população que diante das diversas mobilizações emergenciais que têm sido realizadas pelo município e pelo Estado, o envolvimento da sociedade é crucial, e que a maneira mais eficiente de combater todas as doenças transmitidas pelo Aedes aegypti é não permitir o mosquito nascer, eliminando criadouros e evitando deixar qualquer quantidade de água acumular.

Contamos com a colaboração da nossa população para combater esse mosquito.

Se o mosquito mata ele não pode nascer. Atenciosamente, Edyane Rios Ribeiro - Secretaria de Saúde de Guimarães MA

Destaque
Tags