• Nonato Brito

BRASIL: Na votação do impeachment, área do "muro" em Brasília será cercada por gradis


A divisória, feita de 455 chapas de aço, na Esplanada dos Ministérios em Brasília

A barreira construída para separar os protestos contra e a favor do impeachment da Presidente Dilma Rousseff, no domingo (17), na Esplanada dos Ministérios, dividiu opiniões e gerou até debates sobre eficácia e riscos para a segurança dos manifestantes.


Pensada pelo governo do Distrito Federal, a estrutura de aço recebeu críticas tanto dos grupos de manifestantes quanto do governo federal.


A Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal afirma que o projeto leva em consideração experiências adquiridas em grandes eventos na capital e informações de órgãos de inteligência.


"O planejamento foi feito para dois eventos de massa simultâneos", afirma a Secretaria de Segurança.


A divisória, feita de 455 chapas de aço, e escorada por hastes de ferro deixará os manifestantes a favor do impeachment no lado sul, e os manifestantes contra o impeachment no lado norte da Esplanada dos Ministérios. (Fonte: www.uol.com.br)

Destaque
Tags