• Nonato Brito

Foi um recado para o mundo


A abertura das Olimpíadas-2016 ontem (5) no Rio de Janeiro, elogiada em jornais de todo o mundo, mereceu do jornalista Arnaldo Jabor a crônica a seguir, publicada no Jornal O Estado de São Paulo:


Foi um recado para o mundo


Eu chorei sem parar. Foi a melhor abertura que eu já vi na minha vida. Extraordinária. Não só pela espantosa qualidade, pela beleza, pelo apuro técnico, foi um recado para o mundo.


Não só sobre o Brasil é, mas sobre ecologia, sobre história. Hoje é um dia importante para nossa vida política, inclusive.


Esse país maravilhoso tem que sair da mão de quem o transforma numa coisa lastimável. O verdadeiro Brasil é esse que apareceu hoje, que também não escondeu suas falhas históricas.


O show explicou o Brasil para o mundo inteiro. O trabalho de Fernando Meirelles, Andrucha Waddington, Deborah Colker e Daniela Thomas é um marco na história. Foi um espetáculo sem tecnologias babacas.


Destaque
Tags