• Nonato Brito

Osvaldo Gomes sanciona lei que cria o Museu Histórico e Artístico de Guimarães


O prefeito Osvaldo Gomes sanciona a lei municipal que cria o Museu Histórico e Artístico de Guimarães na presença da professora Vitória Moreira dos Anjos, escolhida para dirigir o Museu.

O prefeito em exercício, Osvaldo Gomes, sancionou nesta semana a lei municipal que cria o Museu Histórico e Artístico de Guimarães. O projeto de lei foi encaminhado para a Câmara Municipal que aprovou por unanimidade a criação do Museu.


Na justificativa encaminhada aos vereadores, o prefeito Osvaldo Gomes destacou que Guimarães, sendo uma cidade histórica e mais que bicentenária, necessita de um museu, centro perpetuador da memória, da arte e do conhecimento. É fato indiscutível que dezenas de documentos, peças históricas e acervos já se perderam no Município à falta de um órgão responsável por sua preservação e memória, acrescentando que cidades históricas como Alcântara e São Luís possuem cada uma o seu Museu Histórico e Artístico.


O prefeito Osvaldo Gomes vai nomear a professora da rede pública municipal Vitória Moreira dos Anjos, membro-fundadora do Instituto Histórico e Geográfico de Guimarães, para o cargo de diretora do Museu Histórico e Artístico de Guimarães.


Embora não disponha de prédio próprio, o Museu Histórico e Artístico de Guimarães, já aprovada a sua criação, funcionará provisoriamente em dependências do prédio da Organização Assistencial Vimaranense – ORAVI, localizada na Praça Luís Domingues. O funcionamento será efetivado por meio de contrato de comodato, sem ônus de aluguel ao Município, já assegurado pelo presidente da ORAVI, o vimarense Roberth Williams Brito, até que o Município disponha de prédio próprio para o Museu.


A lei aprovada estabelece que são objetivos do Museu Histórico e Artístico de Guimarães, conservar, investigar, comunicar, interpretar e expor, para fins de preservação, estudo, pesquisa, educação, contemplação e turismo, conjuntos e coleções de valor histórico, artístico, científico, técnico ou de qualquer outra natureza cultural, abertas ao público, a serviço da sociedade e de seu desenvolvimento.


Destaque
Tags