• Nonato Brito

Fragmentos da história da bicentenária Guimarães


Ruínas da Casa Grande da Fazenda Santa Maria de Guerra a 20km da sede. A Fazenda Santa Maria pertencia ao Dr. Agostinho Moreira Guerra Júnior no apogeu econômico da produção de cana de açúcar, na década de 1860. O engenho de açúcar da fazenda era movido a animais. Durante o período do Brasil-Império, Guimarães ocupou o segundo lugar no Maranhão na produção do açúcar mascavo, chegando a ter cerca de 100 engenhos de cana de açúcar e aguardente, superado apenas pela produção do Vale do Pindaré. A foto é de 2015 e o crédito da foto é do vimarense Zinho de Jesus Rosa. (Fonte: Almanaque da Província do Maranhão, Ano 1861, de João Cândido de Moraes Rego)


Destaque
Tags