FOTO DE ARQUIVO (39) Maria Firmina dos Reis homenageada em 1975 na Prefeitura Municipal

03.10.2018

Homenagem a Maria Firmina dos Reis em frente ao prédio da Prefeitura Municipal no sesquicentenário de nascimento da primeira romancista do abolicionismo brasileiro, em 11 de outubro de 1975. Na foto, o prefeito Agenor Osvaldo Gomes Filho ao lado de estudantes que representam as personagens literárias da romancista e do grupo de mulheres da comunidade local que coordenaram as festividades: Alice Nogueira, Carmelita Cuba, Iolete Lopes, Luisita Tavares, Ana da Conceição Ribeiro (Donana), a freira canadense Francisca Graton, Francy Anchieta, Concita Canavieira Schalcher, Euzília Leite, Altiva Teixeira, Maria José Costa e a religiosa canadense Lucille Roy. Nesse ano, foi feriado municipal e as escolas municipais desfilaram em homenagem a primeira romancista brasileira. A jovem ao centro, Maria Araújo, representou a mestra-régia. A fotografia tem 43 anos. Recentemente, a pesquisadora Mundinha Araújo e a professora Dilercy Adler divulgaram documentos encontrados no Arquivo Público do Maranhão, em São Luís, registrando que a data de nascimento de Maria Firmina é 11 de março de 1822. Na cidade, há três placas com registro da importante presença da escritora em Guimarães: a placa da Rua Maria Firmina, a placa na residência e escola da professora na praça Luís Domingues, a placa no local em que faleceu a escritora, na atual rua Monsenhor Estrela, além da placa em sua sepultura, no cemitério antigo da cidade. (Foto: Arquivo Alice Nogueira). No último domingo (30), na praça Luís Domingues, o governador Flávio Dino anunciou a construção do Centro de Cultura Maria Firmina dos Reis, em Guimarães.

Please reload

Destaque

Polícia resgata equipamento de som roubado da igreja de São José

December 1, 2015

1/3
Please reload

Tags
Please reload