• Nonato Brito

Ondas refletidas - Juca Araújo

ONDAS REFLETIDAS

A Baía de Cumã à luz do luar, A extasiar com ondas volumosas, Soberbas, impetuosas Que deslumbra o olhar.

Surgem em colunas e degraus, Num balanço de constante evolução, Zoando dentro da noite de verão, Como se estivessem em festivos saraus.

Enfeitadas, ostentam a rendada luz da lua, Que a alva espuma lhe borda em delicada teia, Cada vaga parece um dorso de sereia, A dançar alegremente toda nua.

À luz da lua, eu como alma pagã, Cismo espraiando o olhar ao longe, até a curva, Onde com o céu, o mar se confunde e se curva, Na imensidão da Baía de Cumã.

Destaque
Tags