• Blog Vimarense

Gestores de turismo de 8 municípios reúnem-se em Guimarães


Gestores de turismo de oito municípios reuniram-se em Guimarães, na última sexta-feira (23). O encontro foi realizado no Teatro Guarapiranga, na Rua Dias Vieira. A 1ª reunião de trabalho da instância de Governança do Polo Turístico da Floresta dos Guarás contou com a presença da diretoria da instituição, secretários e gestores de Turismo dos municípios de Cururupu, Bacuri, Mirinzal, Porto Rico, Cedral, Central, Bequimão e Guimarães, contando, ainda com a presença da mestranda Fernanda Carvalho, do Grupo de Pesquisa Turismo, Cidades e Patrimônio.

O prefeito de Guimarães, Osvaldo Gomes, acompanhado de secretários municipais e assessores realizou a abertura do encontro, ao som do hino do Maranhão, dando as boas vindas aos presentes e destacando a importância que o turismo possui como gerador de empregos e renda. A reunião de trabalho teve como tema: "Atividade Turística na Floresta dos Guarás: um olhar sobre passado, presente e futuro de nossas ações". A palestra de abertura foi realizada pela turismóloga e vice-presidente da Instância, Alzenira Pestana, que discorreu sobre o que já foi feito e planejado para o turismo da região desde os anos 1990.

Em seguida, numa roda de conversa, cada gestor expôs o que está sendo executado em seu município em relação ao turismo. Num outro momento, o sociólogo e presidente da Instância, Antônio Marcos realizou uma exposição sobre os cenários para o turismo regional. Logo após, discutiu-se encaminhamentos e planejamento de ações futuras para o desenvolvimento do turismo na Floresta dos Guarás.

O encontro foi encerrado com um city tour pelos principais pontos turísticos da cidade de Guimarães: Centro Histórico, Museu Histórico e Artístico, Exposição de artesanato na Secretaria de Cultura e Turismo, Porto do Guarapiranga, Praça, escadaria e monumento a São José, e Trapiche.

Esse primeiro encontro se deu de forma mais restrita devido ao momento pandêmico em que vivemos. Para as próximas reuniões de trabalho, a proposta é envolver pouco a pouco o trade turístico regional, a sociedade civil organizada, os parceiros Sebrae, Ufma, Senar, Ifma, entidades governamentais, as organizações regionais Conguarás, ADERE, fóruns regionais, além de outras entidades.

Destaque
Tags